lifestyle || October 5, 2013

Sobre a Yämmi…

Bem, depois de tantas perguntas, tantas dúvidas e questões, volto à carga com o tema para deixar tudo bem claro.

Acho que foi no instagram (@styleitup) que alguém me perguntou “mas tu não tinhas a Bimby?” Tinha!

E digo no passado, porque sou perita em fazer “negócios da china” com papis de mi corazón 😉 ahah (agora mamãe e papai vão ler isto e estou feita ao bife para os próximos!)

Tenho a Bimby há uns 5 anos e de facto sempre foi uma grande ajuda na cozinha (especialmente para uma leiga e preguiçosa como eu!), não tenho nada a dizer do pequeno robot de cozinha que sempre me tratou muito bem, ok?

Os meus pais estavam a pensar comprar a Bimby no Natal, também porque a minha mãe não é muito dada às aventuras culinárias (por falta de tempo e, especialmente, de paciência). Eis que me surgiu uma ideia – não inovadora, até recorrente confesso – de fazer uma troca vantajosa: se querem uma Bimby e se saiu uma Yämmi – que faz basicamente tudo o que a Bimby faz e ainda por cima é mais barata – porque não “oferecer” (estamos em crise e os filhos são mais afetados com a crise do que os pais – eu sou!) a Bimby e trocar pela Yämmi?

E pronto, foi exatamente isto que fiz.

Em termos de diferenças, as principais que notei, que não me incomodaram nem um bocadinho:

1. A Yämmi é maior que a Bimby, mas nada de extraordinário

2. A Yämmi não tem balança incorporada, traz uma balança à parte. Isto chateia-me? Nem por isso. A balança serve para pesar os sólidos, o azeite por exemplo, uso o copo medidor da máquina e para a água, natas ou outros líquidos tenho sempre um copo medidor em casa (quem não tem?)

3. A Yämmi tem duas lâminas enquanto a Bimby tem apenas uma. A Bimby tem uma funçao chamada “colher inversa” para misturar os alimentos sem cortar, usando a mesma lâmina.

4. De resto é igual, as funções são as mesmas, as receitas podem perfeitamente ser adaptadas de uma para a outra (as receitas da Yämmi são bem boas, pelo menos todas as que já experimentei!)

5. O mais importante – o preço! A Yämmi custa simplesmente MENOS 650€ que a Bimby… estamos em crise minha gente e se papais estavam dispostos a comprar uma Bimby, happy me!

 

Uma receita que fiz no outro dia – caril de legumes com pequena invenção da Margarida:

Escusam de dizer que parece sopa de bebés bla bla bla porque estava divinal!

Era um caril de legumes – vários legumes que eu não tinha em casa e como não sou pessoa de sair de casa de propósito para comprar dois ou três ingredientes que faltam, safo-me mesmo com o que tenho para ter (ainda) menos trabalho, então alterei um pouco os legumes e acrescentei gambas.

Até o marido gostou (apesar de achar que faltava a carne! ahah)

Margarida

Hi! I’m Margarida, style and beauty blogger at Style it Up

Comments

  1. October 7, 2013

    Style it Up

    Olá Cláudia,
    Vou experimentar fazer uma receita da Bimby na Yammi e depois dou feedback 🙂
    Não sou propriamente a cozinheira mais espetacular do mundo ahah mas conhecendo as duas máquinas penso que dê lindamente para adaptar 🙂
    Beijinho,
    Margarida

  2. October 7, 2013

    Cláudia Sobral

    Então, diga-me, considera que a compra da yammi, não é atirar dinheiro ao lixo na medida em que não é uma bimby?
    Hoje em dia com o baixo poder de compra, é-nos impossivel comprar uma bimby, e vimos a yammi como uma possivel opção.

  3. October 8, 2013

    Style it Up

    Como assim atirar dinheiro ao lixo???
    Quem compra qualquer tipo de máquina destas (ou outra coisa qualquer!) não penso que seja para esbanjar dinheiro… é por necessidade. E não podemos negar que é uma ajuda preciosa.

  4. January 2, 2019

    Sónia Cardoso

    Boa tarde!
    A mim ofereceram-me uma Yammi 1 que nunca tinha sido usada. Sei que agora há upgrades, mas para quem não tinha nenhuma e até nem é nada de muito baratinho, fiquei contente. Tenho andado a experimentar algumas receitas e surgiu-me uma questão: é possível, por exemplo, fazer ao mesmo tempo arroz no cesto e legumes ou outro alimento ao vapor?
    Obrigada!

    • January 2, 2019

      Margarida

      Olá Sónia! Confesso que nunca fiz dessa forma, mas acho que é possível sim 🙂 Beijinho

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *