travel || March 22, 2020

NEW YORK: guia de viagem

Demorei um bocadinho, mas queria deixar este post o mais completo possível para vocês.

Se acharem que falta alguma informação, perguntem na caixa de comentários que respondo tudo o que souber 🙂

COMO PREPARAR A VIAGEM:

QUANDO IR: Fui sempre no final do Inverno, desta vez estava imenso frio, mas tivemos sorte e não apanhámos chuva. Até estavam uns dias bem bonitos. Prefiro assim do que estar a passear e a morrer de calor. Tirando o pico do verão, acho que é daquelas cidades que dá para ir a qualquer altura!

VIAGEM: Os voos são diretos de Lisboa. O voo dura cerca de 7/8h, nada demais.

ESTADIA: da última vez ficámos bem pertinho do MOMA e do Rockefeller Center, mas desta vez ficámos em Brooklyn (porque a conferência do João era lá num hotel em Brooklyn) e é igualmente bom. Os hotéis não são propriamente uma pechincha, nestas situações acho que a localização é importante, mas como os transportes em  NY são tão eficazes, é um bocadinho escolher um hotel que esteja ok para o budget 🙂 Nós ficamos no The Tillary Hotel, bem pertinho da Brooklyn Bridge e estava ótimo!

INTERNET: Há wifi na maior parte dos sítios! Até nas ruas, em algumas zonas. Não entanto, se não conseguem estar longe da conectividade, seja por que razões forem, comprem um cartão na T-Mobile (comprei um que era $40 + taxas e tinha 10GB – ficou a uns 43€ mais ou menos e andei sempre descansada a ver emails, como se estivesse cá!). Encontram uma loja T-Mobile em qualquer lado na cidade. Ainda têm o Tourist Card que são $30 e tem 2GB, acho, mas eu preferi jogar pelo seguro. Desliguem o roaming, não vão querer encarar a conta do telemóvel quando voltarem, acreditem!

O QUE LEVAR NA MALA: a roupa vai depender muito da altura do ano, mas há coisas que são transversais a qualquer estação e imprescindíveis, como uns bons ténis para caminhar pela cidade (acreditem, vão andar imenso! E é a melhor forma de conhecer uma cidade); óculos de sol e uma mochila ou uma carteira bem prática.

CULTURA: talvez das cidades mais ricas e ecléticas, culturalmente. Se formos passado uma semana, já as exposições são diferentes, há certamente coisas novas para explorar!

COMIDA: há de tudo: restaurante incríveis a preços acessíveis, outros igualmente incríveis mas muito caros; os baratuchos que valem imenso a pena e aqueles que pagamos uma nota e nos arrependemos para sempre do dinheiro que lá deixámos… não se esqueçam que em NY têm que deixar gorjeta, o normal são 20% e lembrem-se que os empregados de mesa (muitas vezes!) não recebem ordenado, vivem apenas das gorjetas que angariam. Se o serviço for bom, acho que é de compensar, tendo em conta isto.

ESTILO DE VIDA: como tudo em NY,m é muito eclético, há quem não saia da bolha de Upper East Side e há quem goste de andar a explorar o que cada bairro tem de melhor. Sou mais a segunda opção e vocês? 🙂

SEGURANÇA: tirando um dia em que me enganei na saída de metro em Brooklyn, era de noite e achei toda a gente com um ar sinistro, posso garantir que nunca me senti insegura. Até acho (agora que já passou o pânico) que aquelas pessoas nem me iriam fazer mal, apenas estava num local totalmente desconhecido, perdida, atrasada e a querer desesperadamente voltar para o hotel ahah De qualquer forma, é importante prestarem atenção à carteira, em qualquer parte do mundo, até em Lisboa…

TRANSPORTES: é muito fácil (mesmo!) andar de um lado para o outro em NY. Seja de metro, autocarro (só andei no hop on, hop off) ou taxi / Uber. O Uber é ligeiramente mais barato que os taxis, mas o metro foi o meio de transporte eleito (excepto a noite para voltar para o hotel). Se andarem muito de metro, compensa comprem o passe de uma semana (passe turista, acho!). Se tiverem o Cartão Revolut nem precisam de comprar bilhete de metro, porque o cartão passa na máquina e desconta automaticamente.

Em posts anteriores já tinha deixado algumas dicas específicas que podem ver em cada um dos tópicos:

  1. RESTAURANTES a não perder em NY – aqui
  2. SPOTS A VISITAR em NY – aqui
  3. ATIVIDADES CULTURAIS como museus a não perder em NY – aqui
  4. BEAUTY SPOTS para quem adora produtos de beleza – aqui
  5. FASHION SPOTS para quem não dispensa ver lojas bonitas e marcas que não temos cá em Portugal – aqui

Espero que tenham gostado. Ainda estão os destaques das minhas stories de NY lá no instagram >> @styleitup

Margarida

Hi! I’m Margarida, style and beauty blogger at Style it Up