lifestyle || May 23, 2019

Morning person

Posso dizer-vos que sempre fui muito mais noctívaga do que uma ‘pessoa matinal’. Na faculdade era à noite que estudava, que fazia os trabalhos… sempre adorei sair à noite (quem não?! ahah), por isso estava mais-que-habituada a deitar-me tarde… e levantar tarde, claro!

Acordar de manhã sempre foi um inferno, a não ser para me dirigir ao aeroporto (aí o despertador podia tocar 1h depois de ter adormecido, que estava tudo certo) ou para fazer qualquer outra coisa que me deixasse feliz. Quantas vezes ‘dei a tanga’ aos meus pais que não ía ter a primeira aula, só para ficar a dormir mais um bocadinho?! Acordar para trabalhar?! “Ninguém merece” era o meu primeiro pensamento todas as manhãs!

Sabem quando é que isto mudou?! Quando comecei a acordar mais bem disposta, cheia de vontade de mais um dia, cheia de energia e genica para fazer acontecer?

O dia em que fui, pela primeira vez, ao ginásio de manhã mudou a minha vontade de acordar para a vida, bem cedo e aproveitar ao máximo! ahah aposto que não estavam à espera desta resposta 🙂 Mas calma aí que este post não tem a ver com exercício físico (não desistam já! Para isso, leiam este post!)

Nesse dia, tenho a dizer-vos, só fui ao ginásio praticamente de madrugada (às 7h), porque a minha chefe na altura insistiu… era chato deixar a chefe pendurada, lá fui… a achar que ela era louca, mas era minha chefe, fazia o sacrifício pela boa avaliação no final do ano! ahah

A minha vida mudou para muito melhor nessa altura! E não é que passei a adorar ir ao ginásio de manhã?!

Depois chegou uma fase mais dark na minha vida, estava num trabalho que não gostava mesmo nada e a única coisa que me fazia acordar cedo era pensar que podia chegar a casa mais cedo para escrever aqui no blog. Passava o dia a fervilhar de ideias e apontava-as na agenda, à espera do meu momento favorito do dia: a noite para poder estar aqui no meu cantinho.

Voltei a ser uma morning person – a que sou hoje em dia – quando saí desse trabalho tóxico e resolvi dedicar-me a 100% ao meu trabalho enquanto blogger. Foi um dos dias mais felizes da minha vida, isso posso garantir! (5 anos depois de termos aberto este espacinho, não pensem que foi do dia para a noite, ok? E vale relembrar que nunca nos passou pela cabeça – nem à Cátia nem a mim – um dia viver disto) Trabalho muito mais, nem sempre ganho mais, mas sou muito mais feliz!

Tanta conversa para dizer o seguinte: ser uma morning person ou não, pode depender muito do momento em que estamos na nossa vida. É óbvio que há aquelas que sempre adoraram acordar cedo e na maior, mas quem não acha tanta graça, experimentem acordar cedo com um propósito que vos agrada realmente… não é tão bom?

Se não estão felizes de manhã a ir trabalhar no sítio do costume, dêem corda aos sapatos e façam-se à vida! Façam por ter um trabalho que vos deixe felizes ao acordar a cada manhã. A não ser que trabalhem sempre no turno da noite (pode acontecer, mas não é muito comum), vão ter sempre que acordar cedo e ir trabalhar. Mais vale ir de sorriso no rosto, certo?

INSTAGRAM @styleitup

Margarida

Hi! I’m Margarida, style and beauty blogger at Style it Up