lifestyle || October 27, 2013

Hidratação na gravidez

by

Uma das primeiras coisas que me disseram quando fiquei grávida foi: “tens de beber muita água!”. Ao início, logo nas primeiras semanas, não tinha muita sede, bebia o normal, que para mim equivale a meio litro de água por dia (eu sei, devia ser mais!), mas nos últimos tempos tenho sede a toda a hora, por isso, acabou por se tornar muito mais fácil cumprir com este requisito!;)

Depois de ler sobre o assunto e de me informar junto da minha médica percebi a importância e as vantagens de estarmos bem hidratadas durante a gravidez:  melhora a circulação sanguínea e a irrigação do útero e da placenta, ajuda a manter o líquido amniótico nos níveis certos (e este assunto dava pano para mangas! A formação do líquido amniótico é super importante pois vai proteger e nutrir o bébe ao longo dos nove meses. Existem estudos até que dizem que o volume de líquido amniótico pode aumentar se a mãe beber água, o que resulta numa melhor oxigenação do bebé). Outras das vantagens de beber muita água é porque ajuda a eliminar toxinas que aumentam, por exemplo, o risco das perigosas infecções urinárias, e a prevenir, ainda, as prisões de ventre: com a gravidez, o intestino fica comprimido, o que pode dificultar o trânsito intestinal. Com tantos benefícios fica dificil não beber água! Nesta fase, só queremos o melhor para o nosso bébe e não há nada que não se faça! :D. A recomendação é beber 1,5 , 2 litros de água por dia, à medida que vamos sentido sede. Para além da água propriamente dita, que sem dúvida, é o liquido mais rapidamente absorvido pelo organismo, também conseguimos ir buscar água aos sumos, frutas e outros alimentos com alto teor hídrico, que ajudam a manter a hidratação adequada. 

 

1. Sumos naturais. Ricos em vitaminas, os sumos naturais têm feito parte do meu dia-a-dia. Como não quero abusar nos açucares tenho apostado nas limonadas, com folhas de hortelã – zero açucar! Graças a Deus não tenho sofrido com as náuseas, mas quem sofre, o limão ajuda a atenuar imenso essa má disposição. Já a água de coco, por exemplo, também é ótima para o enjoo e a azia, pois além de atuar como um isotónico natural, regulando o equilíbrio dos líquidos no organismo. As frutas ricas em fibras: laranja, ameixa e abacaxi, combatem o intestino preso, que é muito frequente a partir do segundo trimestre da gravidez.

 

2. Leite. Todos os dias de manhã, pelo menos um copinho de leite. Ele concentra 90% de água, sem falar nas proteínas e no cálcio – cuja demanda cresce bastante na gravidez. Ao fim-de-semana quando há mais tempo e paciência, gosto dos smoothies, que levam frutas batidas com iogurte (a Yammi aqui veio dar uma excelente ajuda!!).

 

3. Sopas. Esta foi a grande disciplina! Comia sopa, mas não todos os dias. Agora faz parte do almoço e do jantar, preferencialmente com verduras e legumes, ricos em proteínas e minerais.

 

As frutas e hortaliças que têm uma alta concentração de água

Alface – 95%

Tomate – 94%

Melância – 92%

Couve-flor – 92%

Melão – 90%

Abacaxi – 87%

Laranja – 87%

Goiaba – 86%

Maçã – 83%

Pera – 80%

 

Bisou :*

Cátia

Hi! I’m Cátia, style and beauty blogger at Style it Up

Comments

  1. October 28, 2013

    Lifestyle Report

    Bem, para mim não vai ser muito difícil pois já faço isso tudo (não bebo 1,5l mas um1 l com certeza, e podia comer um bocadinho mais de fruta).

    http://mylifestylereport.blogspot.pt/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *