lifestyle || April 24, 2014

Foi assim que aconteceu …

by

Body Zippy e casaquinho de malha Chicco // Babygrow Chicco 

Ora então, cá estou eu, (agora fresquinha que nem uma alface!) depois de quase 9 meses a falar-vos da gravidez, das expectativas, das mudanças, dos planos para o grande dia … chega a hora de contar como foi … calma, que vou poupar-vos os pormenores, ok? Suponho apenas que tenham alguma curiosidade em saber a parte gira da coisa, afinal estiveram sempre cá este tempo todo! E a bem dizer não há muita coisa chata a contar! A Maria chegou como sempre a imaginei: uma fofa! (a partir daqui muitas de vocês vão começar a odiar-me! aviso já! estive quase a ser despedida do blog à conta disto!) ahaha Mas vamos ao que realmente interessa…

 

09 de Abril de 2014 : 17h : em casa, sentada ao computador a trabalhar. Tinha passado mal a noite e resolvi ligar à médica a contar. Desligo o telefone e vou a voar para o consultório onde já me esperam 1 dedo de dilatação e contrações de 5 em 5 minutos! Upss, queres ver que é hoje? JÁ?? (o pai está a 3 horas de Lisboa por isso mais vale ligar! Ligo e o pai mete-se a caminho!)

Chego ao hospital e a coisa começa a desenrolar-se. Rebentam as águas, a dilatação começa a ser maior e as dores também, pois tá claro! Tempo da chamada maravilha dos tempos modernos, mais conhecida como epidural! E a partir daqui, foi como se estivesse numa praia paradisíaca a curtir a minha! As dores praticamente deixaram de existir e em pouco tempo chegou a hora H! Ahh, também fiz alguns exercícios com a bola para acelerar o processo! A coisa corria tão mas tão bem, que fiz um pequeno video (que na altura partilhei na hora com as amigas do coração LOLLL – surreal agora que o vejo! – podem pedir à vontade, mas este vídeo ficará no segredo dos deuses – ahah) e segundo consta estive sempre em contacto com elas antes do parto! Tudo isto graças à mega epidural – bendita sejas!!!! Juro que estava completamente janada mesmo! Toda a gente na sala de dilatação e arredores já era minha amiga! Bom, adiante!  Entro na sala às 23h56 e às 00h08 tenho a Maria nos meus braços e um sorriso, uma felicidade e uma emoção que não tem comparação! O pai esteve sempre lá – aguentou-se bem sim senhora – um orgulho – cortou o cordão e é um babadão!! No momento de dar o nome só disse que seria a escolha da mãe! Um fofo este marido que andou a fazer-me sofer o tempo todo com o nome e já a tinha toda fisgada!! ahahah Maria Luísa, portanto 😉

O parto foi rápido, sem muita dor e uma boa experiência,isto é o que vos posso dizer da forma mais sincera  e honesta possível 😉 Lembro-me sempre das palavras do enfermeiro parteiro, que nos deu o curso no Centro Pre e Pos Parto que dizia que há muitas histórias bonitas e sem dramas sobre os partos, as pessoas é que gostam de contar apenas as más! Eu sou o exemplo bom; quero passar uma mensagem positiva sobre o parto porque acredito nas histórias com finais felizes 😉  se tive alguma sorte? sim, acho que sim! Não posso dar-vos conselhos de especialista porque não o sou, mas posso dizer-vos que sempre tive uma atitude muito relax em relação ao parto; nunca foi uma coisa que me assustasse particularmente e sempre confiei nas pessoas e profissionais de saúde que estavam ao meu redor. Tive a sorte também de ter uma médica que sempre me acompanhou e fez o parto da Maria 😉 senti-me sempre acarinhada por todos e tive sempre mas sempre o apoio dos meus amigos e da minha familia que não arredou pé do hospital à espera que a Maria nascesse! Por tudo isto, sinto-me uma sortuda! A Maria é uma bebé saudável, que mexe muito (já mexia na barriga, agora percebo!), mama desalmadamente e é uma dorminhoca! Tem cabelo para dar e vender, não chateia nada e já faz umas caretas aos papás! É linda que só ela, como todos os filhos são para os seus pais, pois tá claro! Mas a nossa é sempre especial 😉

A rotina mudou, tudo mudou cá em casa. A primeira semana foi de recuperação da mãe e adaptação aos novos horários. Ficamos exaustas física e emocionalmente. Esta é a parte dura. Mais fisica até do que mental. (no meu caso, claro!) Também vos digo que o nosso sono nunca mais é mesmo! Mas é muito, mas muito melhor! Não sei como vivi sem ela este tempo todo, mas sei que NUNCA MAIS A VOU LARGAR! 

 

Cátia

Hi! I’m Cátia, style and beauty blogger at Style it Up

Comments

  1. April 24, 2014

    The Little Miss Noodles

    Oh, que lindo! Emocionei-me ^^
    Muitos parabéns e muitas muitas muitas felicidades, Cátia!
    Um grande beijinho

  2. April 24, 2014

    Pronta e Vestida

    Post fofinho e animador para quem começa a pensar nisso a sério.
    A Margarida que te deixe chatear-nos à vontade, queremos ir sabendo tudo ok?
    Beijinhos para os três.

    http://www.prontaevestida.com

  3. Que bonito =) Muitas felicidades para a Maria e para toda a familia, e que corra tudo bem.
    Vai ser uma princesinha super fashion =P
    Beijinho

  4. April 24, 2014

    Maria Joana Cunha

    Parabéns Cátia!!! Afinal as nossas meninas nasceram no mesmo dia… pensava que a Maria Luísa a> tinha nascido no dia antes… mas já passava da meia noite, por isso 10 de Abril foi um grande dia! 🙂
    Já é a minha 2ª filha (a mais velha tem 20m ), mas tb os meus partos foram santos e com a amiga epidural ! é uma sensação tão boa… eu tb me senti completamente ZEN! E tb foram partos santos, rápidos , sem dor e com 2 forças a 1ª vez e 3 forças na 2ª. O “nosso” hospital é óptimo , os médicos , enfermeiros, pediatras… todos super profissionais e simpáticos , o que é super importante. Eu tb já me sentia super amiga da enfermeira que me acompanhou durante o trabalho de parto. é tão importante para nos sentirmos bem e tranquilas. E termos a medica que sempre nos acompanhou ali naquela hora tb é super importante e bom… eu dps de ter as milhas filhas só me apetecia dar bjs à minha medica, lol.

    Bem, desculpa este comentário enormeeee .

    Mais uma vez parabéns pela Maria Luísa a> . São de facto a melhor coisa do MUNDO e os nossos são sempre os mais Lindos, claro!

    P.s. – será de serem do meninas do dia 10 de Abril ? por aqui tb reina a calmaria… come e dorme!!! Nem com o choro, gritos e birras da irmã acorda, minha rica menina!!!
    bjs

  5. April 24, 2014

    Era uma vez...

    Parabéns aos papás e à Maria, que deve ser a bebé mais amorosa de sempre 🙂

    Beijinhos <3

  6. April 24, 2014

    Joana Richard

    Parabéns 🙂

    Isso é amor e exatamente o que senti quando fiquei com a Maria Miguel em casa…

    Não sabemos como vivemos sem elas tanto tempo 🙂

  7. April 24, 2014

    Princesa Sem Tiara

    Que relato tão amoroso *.* oh e que vontade que dá de ter uma tão fofa e querida *.* bem acho que deixou todas as suas leitoras a desejar que quando for a sua vez seja exactamente assim. As maiores felicidades 🙂

    http://princesasemtiara.blogs.sapo.pt

  8. April 24, 2014

    Mia Relógio

    Minha querida, que bom foi ler este teu testemunho e sentir a tua felicidade!
    Um beijo enorme de quem gosta de ti

  9. April 24, 2014

    Mafalda

    tão, mas tão bom!!!!

    muitos beijinhos

  10. April 24, 2014

    Ines Tavares

    Minha querida, AMEI a tua descrição, é tão bom ler um relato assim, feliz e normal. Senti a tua emoção mas também a tranquilidade e só desejo que daqui a 2 meses tudo corra assim comigo. Vais ser o meu exemplo, ihihi quero a bola e tudo! Deves ser uma mummy maravilhosa, calma e sem exageros e é assim que deve ser! Parabéns e um beijo gigante para ti e para a Maria Luisa

  11. April 24, 2014

    viagem doce viagem

    Felicidades para a pequena e para os papás babados!

    beijinhos,
    viagemdoceviagem.blogspot.com

  12. April 24, 2014

    Helena Gonçalves

    Adorei a forma como contaste esta história maravilhosa.

    Ainda bem que correu tuda às mil maravilhas.

    Beijinhos

  13. April 24, 2014

    Bárbara Correia Ripado

    Parabéns Cátia!
    Linda a tua experiência. É bom ouvir estas boas experiencias… Vi a tua foto no instagram no dia e percebi logo q ja estavas despachadinha com a epidural lol
    Tudo de bom pra vocês e muita saúde é o que se quer.
    Beijinhos
    Bárbara

  14. April 24, 2014

    Dei@

    Eu estou a espera a qualquer momento da minha Leonor.
    Quero um parto assim e uma menina sossegadinha!

    Felicidades

  15. April 25, 2014

    Silvana Querido

    Oh Cátia que lindoo .. todo o texto mas o último paragrafo especialmente. Espero conhecer um dia a tua Maria 😀

    E nas fotos que postaste com o carrinho .. bom, parece que não se passou nadaaa .. estás em óptima forma!!

    Um beijinho grande

  16. April 26, 2014

    Margarida Baptista

    Olá Cátia! Já se passaram os nove meses e parece que a tua filhota nasceu pouco depois da minha, a minha nasceu dia 09 de Abril às 19:30 e a tua já dia 10, depois da meia noite. Como tinha dito no comentário em Janeiro (post “um bebê protegido e um bebê feliz”) não sabia o que ia ter e assim foi até ela nascer. Estive sempre a pensar que teria um menino e estava preocupada pois só tinha nome para menina, não tinha nome para menino. Afinal saiu uma menina linda (o meu sonho na verdade), à qual dei o nome de Amélia. O pai também deixou ser este nome pois foi sempre o nome que gostei e que disse que queria se algum dia tivesse uma menina. O meu parto não correu tão bem mas também não se pode dizer que tenha corrido mal. Foi parto induzido e estava tudo a correr bem, tinha as contrações certas e a dilatação a decorrer, apesar de ainda não terem rebentado as águas, cheguei a ter bastantes dores e sim, bendita a epidural (quem a inventou deveria ser canonizado), no entanto depois tive de ir para cesariana pois a bebê não descia o suficiente e não estava bem encaixada, cada vez que me faziam o toque para ver a dilatação a cabeça dela desencaixava e a médica não quis arriscar o natural. Fora isso correu tudo bem e agora passados estes dias já nem me dói a costura. O que não esta a correr tão bem e que já me deu bastantes dores e momentos de desespero é a amamentação. No hospital passei horrores por causa de um mamilo que ficou em mau estado por causa de uma má pega, agora passado uma semana tive febre e já estou a antibiótico por causa de uma mastite, além disso a menina está a aumentar pouco. É tão difícil perceber se estamos a dar o suficiente, se estamos a fazer tudo certo. Nunca pensei que a amamentação pudesse ser tão complicada e difícil, acho que as pessoas subestimam os problemas que pode trazer. Estás a amamentar? Como está a ser a experiência? Espero que esteja tudo a correr bem. Muitas felicidades para ti e para a Maria Luisa (gosto mais deste do que de Maria Clara).

  17. April 26, 2014

    Daniela Henriques

    que bom 🙂 muitos Parabéns 🙂

    The Perfect Blush (http://www.theperfectblush.blogspot.pt/)

  18. April 26, 2014

    Joana

    Já agora qual é o hospital de que falam tanto bem? 😉

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *