fashion || February 6, 2019

estilo depois de ter um filho

Têm pedido imenso dicas do que vestir depois dos bebés nascerem. Uma recém-mãe não tem que andar descabelada e de fato de treino o dia todo, sem sair de casa.

Antes de passar às dicas mais práticas, quero dizer-vos o seguinte:

As prioridades mudam, o foco vai passar a ser 100% no bebé. É normal, mas… Preocuparem-se minimamente com a vossa imagem numa base diária, só vai fortalecer a vossa auto-estima e auto-confiança!

– É importante arranjarem-se diariamente, mesmo que não saiam de casa (no verão, saiam! No inverno, entendo que não seja tão fácil com um bebé)

– Lembrem-se que se a mãe estiver bem, o bebé vai estar melhor ainda! Se estiverem deprimidas, não vai ser bom nem para vocês nem para as pessoas que vos rodeiam.

Por trás de qualquer mãe, existe uma MULHER.

Agora as dicas que pediram:

1. Todas somos diferentes. Nem todas temos o metabolismo de uma Rita Pereira para ter a barriga mais seca que um bacalhau uns dias depois de ter sido mãe! Temos pena! O primeiro passo é aceitarem este período em que o vosso corpo está a voltar ao normal, aos poucos – lembrem-se que um, bebé habitou na barriga durante 9 meses, é natural que os tecidos não voltem automaticamente ao que eram. O corpo muda, mas nós também mudamos. Para melhor! Aprendam a aceitar esta fase e não se foquem no tamanho da roupa que estão a usar. Façam as pazes com o vosso corpo atual e preocupem-se em escolher aquelas peças que mais vos favorecem nesse momento – sem grandes compras, porque o objetivo é, naturalmente, voltar ao corpo pré-gravidez. É óbvio que a natureza faz a sua parte, mas se devorarem bolos uns atrás dos outros, não estão a ajudar a natureza, ok? Não há milagres 😆

2. Conforto. Esqueçam lá os saltos altos e os tops incríveis que estão pendurados no roupeiro… a não ser que tenham uma ocasião especial! No dia-a-dia, precisam de estar práticas e confortáveis para poderem cuidar do bebé e, ao mesmo tempo, se sentirem bonitas. Conforto não é sinónimo de desleixe, lembrem-se disso. O que considero peças confortáveis e práticas: um vestido (se estiverem a amamentar, escolham um que facilite o processo); uns jeans (com elastano, de preferência) + uma camisa de algodão (as camisas são ótimas para facilitar a amamentação). Calçado confortável – andar com um bebe ao colo de tacões, não dá!

3. Acessórios. Podem (e devem) continuar a ser usados. Bem sei que uns brincos XL  não combinam com um bebé, que vai estar sempre a tentar puxar-los das nossas orelhas, mas uns pequeninos, um lenço ao pescoço ou no cabelo… no outro dia publiquei várias ideias de como usar um lenço. Um lenço no pulso é bem prático, não magoa o bebé sempre que o pegarem ao colo nem vos incomoda.

4. Makeup. Há os mínimos olímpicos para nos sentirmos vivas: corretor de olheiras, máscara de pestanas e batom encarnado. 3 básicos que vão fazer uma enorme (mesmo!) diferença na vossa auto-estima!

5. Busquem inspiração noutras mães. Vou deixando aqui de vez em quando algumas ideias para se irem inspirando, mas o instagram ou o pinterest são ótimas ferramentas de pesquisa para criarem a vossa própria pastilha de estilo 🙂

Aproveitem esta fase em que eles são tão pequeninos, passa rápido demais!

Se quiserem ler dicas de estilo durante a gravidez, cliquem AQUI!

INSTAGRAM @styleitup

Margarida

Hi! I’m Margarida, style and beauty blogger at Style it Up

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *