lifestyle || January 28, 2018

Coisas que não se perguntam a uma grávida

Da mesma forma que não se deve perguntar a quem já casou ou tem namorado há muito tempo, quando pensam em ter filhos, há outras coisas que acho que não se deve perguntar a uma grávida!

Cada um sabe de si e, mesmo não sendo com má intenção, há algumas perguntas que podem deixar as grávidas embaraçadas (ou irritadas!) e às vezes com medo de responder, porque a sociedade em geral pensa de uma forma que pode ser diferente da que pensamos.

Aqui ficam algumas perguntas que podem chatear:

1. Foi planeado? Estavam a tentar?

Hellooooo o que é que isso interessa?? Não temos que saber se foi ou não planeado, isso já é entrar na intimidade da pessoa. Se estavam a tentar? Agora temos que saber com que frequência têm sexo? Sério?? A pessoa está grávida, vai ter um bebé e ponto final.

2. Vais amamentar, certo?

Ora então, o filho é daquela pessoa, a mama também… deixem-na decidir o que quer fazer! Podem falar da vossa experiência – que foi espetacular, que sentiram aquela ligação incrível bla bla bla; ou podem dizer que foi muito doloroso, etc… mas deixem a outra pessoa decidir o que pretende fazer com o seu próprio filho!

3. Posso tocar na barriga?

Quando perguntam, já é espetacular! Há mulheres que não suportam que lhes toquem na barriga, por isso evitem estas carícias, especialmente se não conhecem bem a pessoa. A mim não me fazia confusão nenhuma, mas muitas vezes amigas me diziam que odiavam quando lhes queriam tocar na barriga! Se estiverem grávidas e não acham a menor graça que vos toquem na barriga, digam que estão mal dispostas ou assim… à partida a pessoa não vai insistir (espera-se!)

4. Vais querer parto natural, não vais?

Como assim, querer? Uma coisa é termos uma preferência – acho que temos sempre – mas quem sabe é a médica e é na obstetra que decide o que é melhor para a mãe e para o bebé! Dispensam-se opiniões do que é melhor, porque correu assim ou assado com vocês. Cada caso é um caso. Deixemos isso na mão de quem sabe – os médicos!

5. Esta não é propriamente uma pergunta. Há sempre quem nos venha com histórias macabras de uma gravidez da prima em quarto grau da amiga da tia! Não sei se vos aconteceu, mas chegaram-me a contar histórias sinistras, de coisas que correram mal, obviamente! A sério?? É a última coisa que uma grávida quer ouvir nesse momento! Há sempre aquela ansiedade de que tudo corra bem e se pensarmos no pior, a ansiedade aumenta em grande escala! É inacreditável a falta de noção das pessoas! Isto aconteceu-me: “ah estás grávida? Parabéns! Sabes que conheço não-sei-quem que perdeu o bebé aos 5 meses” PELO AMOR DE DEUS! Não contem estas histórias a nenhuma grávida!

INSTAGRAM @styleitup

Margarida

Hi! I’m Margarida, style and beauty blogger at Style it Up

Comments

  1. January 28, 2018

    Sofia

    Olá Margarida!
    Já tinha deixado um comentário num post acerca da infertilidade. Ao fim de 3 anos a tentar engravidar naturalmente, sem sucesso, fiz FIV e estou grávida de quase 15 semanas 🙂
    Estou tão feliz que acabo por nem ligar às perguntas menos convenientes, mas há um comentário que me deixa mais melindrada. Vou dar a notícia toda contente e respondem-me “também, já não era sem tempo”. Sei que as pessoas não fazem por mal, mas às vezes são desagradáveis.
    (Sou aquela a quem disseram que recorrer a tratamentos PMA, podia originar bebés com problemas. Enfim…ouvimos cada coisa)
    Beijinhos

    • January 28, 2018

      Margarida

      Que bom!! Parabéns! 🙂 Há pessoas totalmente ignorantes e ridículas nas barbaridades que dizem! Enfim… beijinhos e tudo de bom! 🙂

  2. January 28, 2018

    Liliana

    Há uns tempos perguntaram me quando era suposto nascer a minha Sofia. Quando disse a DPP responderam-me: “aí valha me Deus! O dia em que a minha netinha nasceu morta….”😩😒😖

    • January 28, 2018

      Margarida

      CREDO!!!!! Que pessoas tão infelizes, coitadas!! 😩😩

  3. January 28, 2018

    Frutinha

    Gravida de 5 meses tocaram-me ontem na barriga pela primeira vez e confesso que nao gostei. Ou secalhar foi de ser a primeira vez,nao sei, las antevejo um longo caminho pela frente.
    E sim ja me contaram histórias macabras, las porquê senhores? É algo que nao entendo. Enfim.
    Tudo de bom po Manel 🙂

    • January 28, 2018

      Margarida

      Há gente maluca para tudo! Há alguma necessidade de partilhar histórias infelizes com alguém que está a viver um momento destes? Pelo amor de Deus! Beijinho e tudo a correr bem com esse baby 🙂

  4. January 28, 2018

    Mariana

    É tudo verdade, e de facto o nº 5 é o pior de todos e o mais chocante: como é que alguém pode achar bem contar essas histórias a uma grávida?? E tanta gente faz isso! Desde a cabeleireira à senhora da caixa do supermercado, toda a gente tem uma história horrível para contar. Não se compreende…

    • January 28, 2018

      Margarida

      É FALTA DE NOÇÃO, mesmo! E não saberem estar caladas lol Beijinho

  5. January 28, 2018

    Andreia Martins Guedes

    Concordo com todos e Ainda adorava quando opinavam no nome! Lol até lhe podia chamar Gervásia, a filha é minha que me interessa a sua opinião? Lol

    • January 28, 2018

      Margarida

      hahah não me lembrei dessa! 🙂

      • January 29, 2018

        Alexandra C

        LOL! Concordo! xD a mão na barriga itritava-me profundamente (houve uma sra que trabalhava num restaurante onde fui tinha cerca de 5 meses de gravidez e começa do nada a tocar-me na barriga…a sério?!…Mas a que mais me irritou foi mesmo o nome! Houve quem tivesse a lata de perguntar o nome ao pai e dizer “que nome horrível!”… ou…”Miguel Duarte?! Fica muito melhor Duarte Miguel!”…errr…deixem-me!!

  6. January 30, 2018

    SANDRA GUIOMAR

    Olha aí está uma boa dica.
    Há muitas pessoas a fazem sim esse tipo de perguntas.
    E as histórias, da amiga da amiga…………..xi……..
    Não sou mãe mas as minhas perguntas para as amigas eram: já pensaram no nome, conseguem descrever a sensação de estarem a gerar um ser humano, e quando ele mexe, o que sentem…..elogiavas sempre, dizia que estavam lindas, que os olhos brilhavam muito e conseguíamos ver a felicidade que elas estavam a sentir.
    Enfim há pessoas que não têm filtros. Até os programas informáticos trazem filtros,ahahahahahah. Bjs

    • January 30, 2018

      Margarida

      ahah sim, tudo tem filtros hoje em dia, menos certas pessoas! ahah Acredito que as pessoas não façam por mal, mas é uma falta de noção total!! Beijinhos

  7. Que perguntas tão inconvenientes! Se fosse comigo acho que não iam gostar das respostas.
    Desafio-te a fazeres um post com possiveis respostas inconvenientes para essas perguntas inconvenientes 🙂

    Afinal não é só na gravidez, mas há pessoas que fazem perguntas que não lhes dizem respeito!
    Beijinho

    • February 3, 2018

      Margarida

      é verdade, há pessoas que querem saber mais do que devem 🙂 Beijinho